Itens filtrados por data: Janeiro 2017

Blog

Itens filtrados por data: Janeiro 2017
Quinta, 26 Janeiro 2017 00:00

Depois de pegar as chaves da casa nova

Quem compra a casa ou o apartamento na planta sabe que receber as chaves é só o início do sonho. Ainda tem muita coisa pela frente: revestimento, mobília, decoração. As residências vêm completamente vazias e cabe à sua imaginação – e ao seu bolso – colocar tudo o que você deseja lá dentro.

A primeira coisa é planejamento e economia. Analise bem a planta baixa, pense se vai querer contratar um arquiteto ou não, procure inspirações na internet, use muito a criatividade e depois defina o que será feito. Detalhe bem o que pretende fazer em cada cômodo, assim é possível distribuir a verba que você possui de acordo com a lista de prioridades.

Depois, é hora de pensar no revestimento da casa. Enquanto ela está vazia, fica bem mais fácil definir o tipo de piso e as cores das paredes. O porcelanato é um material frio, muito indicado para pisos da sala, cozinha e banheiro. Para a parte mais íntima da casa, como o quarto e o escritório, a dica é usar um material mais quente, como o vinílico, que possui fácil instalação e traz muito estilo.
Para pintar as paredes, você não precisa se prender a uma única paleta de cores para todos os cômodos, mas o ideal é que o apartamento siga o mesmo estilo de decoração, seja ele rústico, moderno, contemporâneo ou o que você decidir. Em lugares pequenos, a dica é usar cores claras, que dão uma sensação de amplitude. Você pode instalar um espelho em algum ponto estratégico, que cumpre esse mesmo papel.

Esqueleto pronto? Agora sim, pode pensar na mobília. Essa com certeza é um dos momentos mais importantes (e esperados <3), porque é quando a casa começa a ganhar forma de verdade. É agora que você começa a definir o aproveitamento dos espaços dos ambientes e como vai ficar a circulação das pessoas dentro deles. Por isso que os móveis planejados são a melhor opção, tanto para apartamentos pequenos, quanto para casas espaçosas. Além de aproveitarem todos os espaços, não atrapalham na circulação dos moradores. Os planejados entregam total funcionalidade, com eles você tem em um único lugar tudo o que precisa. E tem jeito melhor de planejar a casa nova, se não, com tudo o que você deseja?

Agora, para completar, convide os amigos para um jantar e comemore muito as chaves da sua casa nova! 

Publicado em Blog

Pior que perder algo importante, é perdê-lo dentro de casa. Ninguém gosta de ficar revirando cada cantinho em busca de um relatório perdido ou de uma conta. Por isso, aproveite o início do ano para colocar toda a papelada em ordem para o resto de 2017, que tal?

Não precisa achar que é dor de cabeça: organizar os documentos é algo bem simples e só precisa de algumas horinhas do seu dia. A primeira coisa a fazer é reunir todos os papéis espalhados, colocar tudo em cima da mesa e ir se desfazendo do que já não precisa mais. Para isso, você pode fazer três pilhas diferentes:

- Documentos que precisam ser guardados e arquivados;
- Documentos que você deve entregar para alguém;
- Documentos que podem ser descartados.

Se você tem dó de se desfazer de alguns papéis, dê uma olhada no tempo que você precisa mantê-los guardados com você:

1 ano
♦ Contratos de seguro
♦ Canhotos do cartão de crédito
♦ Extratos bancários e dos cartões de crédito

5 anos
♦ Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF)
♦ Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU)
♦ Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA)
♦ Comprovantes de pagamento de contas de água, luz, telefone e outros serviços essenciais
♦ Comprovantes de pagamento de aluguel
♦ Comprovantes de pagamento de cartões de crédito
♦ Comprovante de pagamento de mensalidades escolares
♦ Comprovante de pagamento de cursos livres

10 anos
♦ Declarações de quitação do pagamento de condomínio
Para sempre
♦ Documentos pessoais
♦ Certidões
♦ Passaportes
♦ Escrituras
♦ Carnês do INSS
♦ Holerites
♦ Testamento

Entendido? Nada de guardar documentos desnecessários – eles vão só ocupar espaço. Depois de fazer isso, é hora de botar em ordem o que ficou! Comece separando por categorias: finanças, seguros, impostos, relatórios, coisas do trabalho, documentos da faculdade.

Publicado em Blog

Crianças em férias, pais mais criativos! Só quem já passou 24 horas com uma criança em casa sabe o desafio que pode ser mantê-la entretida ‒ mas também é uma ótima oportunidade para deixar a sua imaginação livre e criar novas brincadeiras e brinquedos.

Separamos algumas dicas simples para você fazer, dê uma olhada.

1. Uma teia de aventuras

Em um mesmo ambiente, amarre bem firme fios ou elásticos em diferentes pontos. A ideia é criar uma grande teia, e o desafio é atravessá-la sem encostar nos fios. Cada vez que alguém encostar, deve voltar para o início do trajeto.

2. Balões de modelar

Compre balões bem grandes e coloque massinha de modelar até que fiquem cheios e sem ar. Amarre para fechar. Pronto! É só deixar as crianças soltarem a imaginação e criarem diferentes formatos. Se quiser transformar os balões em monstrinhos, ainda vale desenhar olhos e bocas.

3. Uma estrada em casa

Transforme o chão da sua casa em uma grande estrada! Com uma fita colorida, faça marcações no chão por toda a casa, criando uma estrada de duas mãos. Com caixas de papelão, dá para criar pontos de parada como postos de gasolina, semáforos, parques. Cada criança pode usar um carrinho para criar uma história diferente no percurso.

Agora é só se divertir. 

Publicado em Blog

O ano começou e, com ele, aquela vontade de renovar tudo! E a decoração da sua casa não pode ficar de fora, né?

A simplicidade é a palavra-chave de 2017. É possível ser feliz com o essencial, o importante é criar um ambiente tranquilo, um refúgio para você e sua família. Seguindo no rumo de uma vida mais simples e sustentável, o ideal é apostar em artesãos locais para a confecção de alguns móveis e objetos.

Para deixar o clima mais aconchegante, invista na vegetação. Fazer uma horta em casa, além de alegrar o espaço, é uma ótima maneira de deixar sua rotina mais saudável ‒ quer coisa melhor que cultivar seus temperos e legumes? Ela pode ficar na cozinha ou na sala.

Ainda para deixar o ambiente mais acolhedor, vale investir em móveis modulados, que ajudam a manter tudo em ordem e são práticos e funcionais, além de deixar o espaço com a sua cara.

Materiais, cores e texturas

O metal é o material de 2017. Mas, atenção, deixe o cobre e as suas reproduções no ano que passou. Agora, é melhor apostar em metais com aspecto mais industrial, como aço escovado e metal preto. Eles permitem várias combinações com outros materiais, como vidro, madeira, mármore e cimento.

Para colorir, o verde, sucesso nas passarelas e nos escritórios de design e arquitetura. Os tons escuros de verde substituirão os de azul e disputarão lugar com o preto. Ele pode figurar nas paredes ou nos móveis. Nos detalhes da decoração, devem brilhar os tons de joia, como esmeralda e ametista.

Nas texturas, a cortiça promete ser a queridinha do ano. Ela traz cor aos ambientes e ajuda no isolamento acústico. Ah, e os tijolos aparentes seguem em alta!

Pronto para deixar sua casa com a cara do ano novo?

Publicado em Blog
Segunda, 16 Janeiro 2017 00:00

Pisos frios para refrescar a casa de praia

Nada como uma casa de praia fresquinha para enfrentar o calor do verão. E para ter uma sensação térmica mais agradável no ambiente, nem sempre você precisa gastar com climatizadores: algumas mudanças na própria estrutura do lugar fazem total diferença, e o piso é uma delas.

Os pisos frios são uma ótima opção para quem quer deixar a casa mais refrescante sem perder o estilo. Por serem melhores condutores de energia térmica, os pisos frios são uma ótima opção para deixar a casa mais refrescante sem perder o estilo. Quando você caminha de pés descalços sobre o chão feito com esses materiais, eles passam uma sensação térmica mais fria, diferente de pisos feitos de madeira, por exemplo.

Por ser mais durável, variar nos modelos e ter o preço mais acessível, a cerâmica é um dos principais pisos frios utilizados hoje em dia. A manutenção desse material é uma das mais simples, e isso é algo bem relevante para a sua escolha.

Outra pedida bem comum é o piso em porcelanato, que tem coloração uniforme (para dar aquela diferenciada na aparência do lugar) e brilho incomparável. Ah, e tem mais: esse material é altamente resistente e duradouro, o que não vai exigir muitos gastos com manutenção.
Se você estiver buscando outra opção, ainda existem os pisos em pedra. As pedras ornamentais são para quem deseja um piso superestiloso, único e agradável. Esse modelo se adapta a qualquer ambiente, além de possuir boa durabilidade e fácil manutenção. No entanto, você precisa ter cuidado com o índice de absorção de água da pedra escolhida, para não ter problemas com a estrutura da casa depois.

Se você gostou da ideia de levar esses materiais para dentro da sua casa, precisa saber que:
- Cerâmicas e porcelanatos podem ser utilizados em placas menores, proporcionais ao tamanho do cômodo;
- Pedras nobres, como mármore e granito, dão mais estilo quando feitos em placas maiores;
- Se você usar um material mais escuro no piso, pode optar por um tapete claro sobreposto para dar um up na mobília e no ambiente;
- Opte por sofás e poltronas que não possuam pés muito grossos.

Anotado? Boa sorte para deixar a sua casa mais refrescante escolhendo os pisos frios.

Publicado em Blog
Quarta, 11 Janeiro 2017 00:00

Por um 2017 mais saudável

Ano novo, vida nova. É clichê, nós sabemos, mas é que não queremos que você se esqueça de todas aquelas promessas que você fez na virada. E a gente espera que, entre elas, esteja levar uma vida mais saudável em 2017. Como se faz isso? Aliando uma alimentação balanceada à prática de exercícios. Pode ser um desafio, mas os resultados compensam, pode ter certeza! Tudo é uma questão de organização, disciplina e comprometimento. :)

Confira algumas dicas para transformar a promessa em ação:

* Analise o seu dia a dia e a sua dieta. Observe se você faz a maioria das refeições na rua, se fica muito tempo sem se alimentar e come em grandes quantidades em determinado horário do dia. Monte um cardápio equilibrado e, ao longo da semana, veja como encaixá-lo na sua rotina. Ele deve ter pelo menos seis refeições diárias: café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia.

* Faça do café da manhã a sua prioridade. Ele mantém o metabolismo acelerado e ajuda a queimar calorias. É importante incluir grãos, como aveia, quinoa ou linhaça, fontes de fibra que ajudam no funcionamento do intestino, previnem o colesterol ruim e favorecem o emagrecimento. Substitua o pão branco pelo integral e inclua uma fruta na refeição. Você também pode apostar no suco verde, um aliado na perda de peso.

* Faça lanches, eles mantêm o metabolismo funcionando bem! Procure reduzir os pães e, se for comer, prefira os integrais. Opte por porções de castanhas, amêndoas, nozes, frutas secas, banana, uva e até tomate cereja, fáceis de carregar. Barras de cereais caseiras também são boas opções.

* Capriche no almoço. Inclua refeições com folhas verdes, grãos, carboidrato, leguminosas, legumes, carne grelhada ou outra fonte de proteína. De sobremesa, uma fruta.

* No jantar, faça uma refeição leve. A tapioca, por exemplo, é de fácil digestão e poucas calorias. Sopas e saladas também são opções nutritivas.

* Na ceia, coma uma fruta ou uma porção de gelatina sem açúcar. Quanto mais leve a alimentação, maior a chance de uma noite tranquila de sono.

* Substitua refrigerantes por sucos naturais (sem açúcar), água saborizada, água de coco ou chá de ervas.

* Beba pelo menos dois litros de água durante o dia.

* Não fique mais do que três horas sem se alimentar.

* Evite bebidas alcoólicas. Se for beber, opte por uma taça de vinho tinto à noite: ele protege o coração e ajuda a reduzir o estrogênio, hormônio que, em excesso, pode levar ao ganho de peso e ao aumento do risco de câncer, osteoporose e doenças da tireoide.

Além de mudar a alimentação, é importante incluir uma atividade física na rotina. Não precisa ser na academia, viu? Trocar o elevador pela escada e o carro pela bicicleta ou por trajetos a pé já ajuda! Descubra a atividade física de que você mais gosta e que melhor se encaixa na sua rotina.
Agora sim, um ótimo ano novo.

Publicado em Blog
Terça, 10 Janeiro 2017 00:00

Mais cor na sua casa com mantas e almofadas

Ah, o verão. Tudo parece mais vibrante. O céu, mais azul; a grama, mais verde; as flores desabrocham em todas as cores! Por isso, nada mais natural do que você querer levar um pouquinho de cor ‒ e do verão ‒ para dentro da sua casa.

E isso é mais fácil do que você imagina! Colocar apenas mantas e almofadas alegres no sofá já muda a cara da sua sala. Se o estofado do seu sofá for liso, pode soltar a criatividade: misturar estampas e cores está liberado! Se for de cor neutra, então, você pode inclusive usar uma almofada de cada cor, e acredite: vai ficar lindo.

Mesclar formatos e texturas também é uma boa ideia. Caso busque uma decoração mais equilibrada, mas sem perder o charme, uma opção é criar duplas. Por exemplo: uma dupla de almofadas coloridas, combinada com outra estampada. E estampa com estampa, pode? Claro que sim. Se o seu sofá já for estampado, você pode optar por um padrão menor nas almofadas ou ir na direção oposta, compondo a estampa com outra maior e completamente diferente. Ah, é importante lembrar que você não precisa comprar almofadas novas para dar esse toque colorido, ok? Existem capas lindas que são superpráticas e versáteis e permitem que você varie a decoração o quanto desejar.

Mas a cor não precisa ficar somente a cargo das almofadas: uma manta supercolorida também deixa tudo mais alegre. Você pode usá-la para cobrir todo o sofá, ou apenas uma parte dele. Se a manta já for estampada, fica mais clean se você combiná-la com almofadas coloridas lisas ‒ mas não precisa deixar a cor de lado.

Agora é só usar a criatividade e deixar a sua casa ainda mais bonita

Publicado em Blog

O Natal passou, hora de desfazer a decoração, certo? Não exatamente. Nem tudo precisa voltar para dentro das caixas. As luzinhas, por exemplo, podem ser incorporadas na decoração do dia a dia: é uma forma supersimples de deixar a sua casa ainda mais aconchegante e charmosa.

Separamos algumas ideias para aproveitar as luzinhas, mas fique bem à vontade para deixar a criatividade voar!

1.Gaiola de luz
Sabe aquelas gaiolinhas decorativas maravilhosas? Elas podem ficar mais lindas ainda enfeitadas com luzinhas por dentro. Deixa o ambiente superaconchegante e é bem melhor do que um passarinho preso, né?

2. Varal de fotos
Você só precisa de um barbante, preguinhos, um martelo, luzinhas e suas fotos preferidas. Coloque os pregos na distância que desejar, pendure o barbante pelas extremidades e use prendedores para segurar as imagens. Posicione as luzinhas acima ou abaixo do barbante e aproveite os preguinhos para firmá-las. Se preferir, pode tirar o barbante da jogada e colocar as fotos diretamente no fio da luzinha!

3. Vidro iluminado
As luzinhas de Natal podem virar uma luminária bem criativa. Basta colocá-las dentro de um recipiente de vidro ‒ pode ser uma garrafa, um bowl ou um pote de sua preferência.

4. Cortina brilhante
Uma forma bem simples de deixar o ambiente mais charmoso: luzes na cortina. Você pode simplesmente pendurar as luzinhas ao comprido na cortina, ou usá-las como bandô ‒ aquele ornamento na parte superior da cortina.

5. Cabeceira luminosa
Você pode usar as luzinhas para enfeitar a cabeceira da cama, contornando-a, ou mesmo para substituí-la. O formato fica a seu critério: pode ser quadrado, em zigue-zague, ondas, como você preferir!

Publicado em Blog
Voltar ao Topo